segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Massa das Vindimas



Conta a avó do meu marido, transmontana de gema, que antigamente, na altura das vindimas tinham de dar almoço a todos os que andavam a vindimar. Era tarefa grande, muitas bocas haviam para alimentar. Este era o "repasto" que ela cozinhava com gosta para todos os que ajudavam na apanha da uva. -" É comida de sustento menina! E tem que acompanhar com um copito!", diz a avó Teresa.

Aqui fica a receita, adaptada para os nossos dias ... porque antigamente, a receita começava por : coloque o pote de ferro ao lume ...


  • Massa riscada
  • Carne de porco salgada e de vaca bem cozida
  • Um bom chouriço de carne
  •  Uma lata de feijão vermelho Compal da Horta
  • Couve branca
  • Batata
  • Cebola
  • Alho
  • Louro
  • Azeite
  • Sal
  1. Fazer um estrugido com a cebola e os alhos picados, o azeite e a folha de louro.
  2. Juntar a carne em pedaços, o chouriço em rodelas, a batata em cubinhos, o feijão e as folhas de couve inteiras. Adicionar um pouco da água de cozer as carnes e junte a massa.
  3. Deixe cozer em lume forte e tempere com sal e pimenta.

Muito bom para estes dias de frio!




3 comentários:

Susana Machado disse...

Que maravilha esta massinha!
Beijinhos,
http://sudelicia.blogspot.pt/

Lia Teixeira disse...

Pois eu que também lá nasci e que toda a minha família é de lá, comi muitas vezes essa massa em forma de rancho e não há nada mais confort food, te posso garantir!!
Beijinhos,
Lia.

Piteca disse...

É mesmo do estilo de comida que nos deixa completamente satisfeitos! Gostei muito!
Beijinhos doces.