sexta-feira, 18 de março de 2016

O nosso Folar de Carne


 

Este é o nosso folar de carne da Páscoa. Não é de uma região específica e, não sendo uma entendida em folares, nem sei se "folar" é o termo "culináriamente" falando, correto. Bem, é isto que se faz cá em casa. É a receita da avó do meu marido, que eu, "previligiadamente", tive a honra de provar feita pelas mãos dela. A receita é a mesma, mas, em outros tentos tinha um sabor diferente. Era feita com farinha que vinha do moinho da aldeia e as carnes, já devem imaginar, tudo caseiro, biológico, criado ao ar livre, sem rações e feito com todo o tempo do mundo. Depois era tudo amassado por mãos que conheciam as texturas destas coisas de cor e salteado. No fim ia tudo para forno comunitário. No entanto, mesmo substituindo alguns ingredientes ancestrais por outros mais modernos, este folar consegue manter a tradição.

  • 1 kg de farinha nº55, sem fermento
  • 50g de fermento de padeiro
  • 10 ovos
  • 1/2 chávena de Vaqueiro
  • 1/2 chávena de azeite 
  • sal q.b.
  • carnes a gosto ( uso frango estufado, presunto, salpicão e chouriço de boa qualidade)



Colocar os ovos numa bacia com água quente;


Colocar a farinha numa bacia. Abrir uma cova no meio. Na cova colocar os ovos inteiros, o sal e o fermento desfeito num pouco de água fria (+- 1 chávena de chá, mal cheia, de água);

Adicionar a vaqueiro e o azeite e amassar, com as mãos, muito bem, até que a massa se descole do fundo da bacia.


Deixar levedar, em local quente e tapado com um pano, cerca de 2 horas (até dobrar a massa);


Entretanto vamos preparar o recheio: partir o presunto, o chouriço, o salpicão e desfiar um pouco de frango estufado em azeite;


Quando a massa estiver leveda, dividi-la em duas partes;

Colocar metade da massa num tabuleiro (utilizo sempre o UltraPro de 3,3l da Tupperware) untado com azeite e cobrir com metade das carnes. Enrole a massa e, com as mãos, volte a moldar a massa ao tabuleiro, até cobrir todo o fundo. 


Fazer outro rolo com a restante massa e carnes e colocar por cima da outra massa no tabuleiro. Estender a massa com as mãos até ficar uniformemente espalhado por todo o tabuleiro;


Deixar levedar novamente ...


Levar ao forno, a 180º (com ventoinha). Fazer o teste do palito para ver se já está cozida. 

E cá está ele:



4 comentários:

cozinha100segredos disse...

Ai que maravilha! O que eu dava por uma fatia! Este anos ainda não fiz folar! Beijinhos

Carla Ramalho disse...

Adoro folares de carne ou bôlas, é algo a que não resisto e nesta altura nunca falta cá por casa. O teu ficou com um aspecto delicioso :)´
Beijinhos e bom fim de semana ...
Guloso qb

Cantinho da Partilha disse...

Ai,ai...que delicia! Parece que ate já lhe sinto o gosto e o cheirinho! Traz-me muitas recordações os folares...
Nina
Bom fim de semana
https://www.facebook.com/cantinhodapartilha/

Bombom disse...

O teu Folar fez-me lembrar o da minha avó, o Folar de Trás-os-Montes. Também para mim, ainda hoje recordo o sabor que não encontro mais!
Continuação de um feliz Tempo Pascal. Bjs. Bombom