quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Pão doce de Santa Maria da Feira, oferecido a São Sebastião em 1505, sai do forno como manda a tradição!!!


Durante os meses de dezembro e janeiro muitas meninas da freguesia se inscreveram para poderem vestir um vestido branco com uma fita colorida e, com uma fogaça na cabeça, participarem no Cortejo Cívico e Procissão da secular Festa das Fogaceiras.



As meninas à volta da fogaça...
Tudo começou em 1505, altura em que o Portugal foi atingido por uma “epidemia brava e cruel” - a peste. Perante este cenário devastador, os Condes do Castelo da Feira pediram ao Mártir S. Sebastião para que acabasse com a morte dos feirenses, prometendo a realização de uma festa anual, cuja oferta seria a Fogaça. Na festa, meninas transportariam a fogaça à cabeça, que seria oferecido às pessoas necessitadas.
S. Sebastião tornou-se, assim, o santo padroeiro de todo o condado da Feira. 


A Fogaça é um pão doce, tradicional de Santa Maria da Feira, confecionado com Farinha de trigo, ovos, açúcar, manteiga, fermento de padeiro, água, canela, sal grosso e sumo e raspa de casca de limão. O seu formato é inspirado na torre de menagem do Castelo com os seus quatro coruchéus.
A fogaça faz parte da nossa história e das nossas memórias. Amanhã é dia de comprar fogaças, juntar os amigos em casa e acompanhar a fogaça com queijo, presunto, manteiga, marmelada... 
Se está por perto, vá a Santa Maria da Feira buscar uma só para si!!!



Sem comentários: