quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Rabanadas Tintas da Mãezinha




Natal ... tempo de paz e amor ... e de RABANADAS ... muitas rabanadas ... e com muiiiito alcool!!!
Ok, eu sei que ainda estamos em Novembro, que ainda faltam muitos dias para o Natal, etc., etc. Mas a minha mãe chega cá a casa com estas rabanadas e o que é que eu podia fazer: tive que fazer o grande "sacrifício" de as comer!
1 pão cacete de véspera (já um pouco duro). Aqui está a foto para quem não conhece o pão cacete! Pois, parece um cacete!!!!!
Açúcar a gosto
Vinho tinto (do bom)
Canela em pó

Corte o cacete em fatias. Adoce o vinho com açúcar a gosto (seja generoso) e tempere com canela. Agora é que vem o segredo da mãezinha: Colocar um pouco de vinho numa frigideira e levar ao lume. Quando começar a ferver coloque as fatias de pão lá dentro. Vire as fatias até absorverem o vinho todo. Deixe tostar ligeiramente ( não queimar!). Quando terminar as fatias de pão, coloque mais um pouco de vinho na frigideira, deixe reduzir para obter um molho um pouco espesso e regue as rabanadas com este molho! Simples, delícioso e sem ponta de gordura!!!

13 comentários:

Téia disse...

Florzinha, adorei suas rabanadas, nunca as tinha visto com vinho que lindas e apetitosas. Super nova para mim. Sua mãezinha sabe das coisas. Bj grande querida.

UMA CASA NO NORTE disse...

Nunca fiz os tradicionais fritos de Natal, mas acho que este ano me vou dedicar a isso. Estas rabanadas ficaram lindas!
Beijocas

mesa para 4 disse...

epá!!! destas nunca comi..hummm deve ser bom...beijinho

Tânia Saj disse...

Mas que maezinha mais caprichosa!
Também nunca comi assim...devem ser deliciosas!
Beijinhos....
Ah, obrigada pela visita!

risonha disse...

que originais!!! a tua mãe é uma artista.
já copiei a receita, pois devem ser muito boas.

Canela disse...

Eheheh!Essas com vinho tinto não conhecia!Fiquei curiosa...
Bj

Karla disse...

Que giras...conheço uns tios meus que iam adorar hehehe

acho que vou apontar a receita ;)

beijinhos

Valeria disse...

As mães sabem de tudo com certeza!!
Essa versão de rabanadas é nova pra mim!!Com vinho !!!que chrme!!
Beijinhos

Vina disse...

Em casa dos meus pais, Natal também é sinónimo de rabanadas, mas as que a minha mãe faz são feitas com as fatias do cacete embebidas em leite, passadas por ovo batido e fritas em óleo bem quente. Depois são polvilhadas com açúcar e canela e regadas com um molho feito com água, açúcar e canela. Ficam óptimas! As vossas, com esse álcool todo, também devem ficar uma maravilha! Não conhecia... Beijinhos e ... não abuses das rabanadas (nem do álcool!!) Eheheheheheh!

Cozinha da Maria disse...

parece delicioso a minha avo me ensinou a fazer a calda d vinho depois de as fritar, mas assim nunca tinha visto.

parabens

beijo

Eliana Scaramal disse...

Rabanadas são tão boas! Fiquei doida de vontade vendo essa sua foto, adorei!!

www.saboresdalica.blogspot.com

Nysa disse...

eu chamar-lhe-ia rabanadas bêbadas ;-))) anotei!!! beijocas

Fatinha dos ratinhos disse...

Bom, estamos outra vez no natal, e aqui em casa fazemos essas rabanadas, mas, são fritas em mel e ficam um delicia...