segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Bolo de coco no liquidificador, sem glúten... com cerejas gulosas!



Um bolo muito simples, delicioso e sem glúten. As cerejas mergulhadas em chocolate negro dão-lhe um "twist"!

  • 200g de coco ralado 
  • 200ml de leite de coco
  • 1 lata de leite condensado
  • 4 ovos
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • Raspa de 1 limão pequeno


  1. Colocar todos os ingredientes (exceto o fermento) no liquidificador e bater durante cerca de 2 minutos até obter uma massa bem homogénea;
  2. Desligar o liquidificador, adicionar o fermento e bater durante cerca de 10 segundos, só para envolver o fermento na massa;
  3. Colocar a massa numa forma (sem buraco) bem untada com manteiga;
  4. Levar ao forno, pré aquecido, a 175º durante cerca de 30 minutos (deve ficar firme ao toque e ligeiramente dourado);
  5. Desenformar o bolo (com cuidado) e deixar arrefecer sobre uma rede;
  6. Agora vamos às cerejas: levar ao lume, em banho maria, 100g de chocolate preto com 1 colher (sopa) de manteiga;
  7. Mexer sempre até derreter o chocolate;
  8. Retirar do lume de deixar arrefecer um pouco;
  9. Mergulhar as cerejas no chocolate derretido e colocar sobre papel vegetal até o chocolate solidificar;
  10. Decorar o bolo com coco ralado e com as cerejas com chocolate.





























segunda-feira, 2 de julho de 2018

Douro Wine Party: Cruzeiro vínico em festa, no rio Douro!


Vai ser “tudo aquilo que podia imaginar, numa só wine party”, garante a organização. A Douro Wine Party realiza-se no Porto, a 6 de julho, é um cruzeiro com vinhos de todos os tipos, serão mais de 200 referências em prova, petiscos, música e luzes de muitas cores, para iluminar as margens do rio Douro enquanto a embarcação passa.



No dia 6 de julho, o Rio Douro vai ganhar ainda mais vida, cor e alegria. Realiza-se a Douro Wine Party, um cruzeiro que também é uma alargada prova de vinhos, uma festa, um passeio, um convívio, um sunset e, acima de tudo, um evento que pretende elogiar os sentidos, envolvidos numa paisagem única e simplesmente deslumbrante.




Douro Wine Party vai realizar-se a bordo da embarcação “Esplendor do Douro”, da Tomaz do Douro, com lotação limitada a 350 pessoas, apaixonados por vinhos, pelo Porto e pelo Douro, pelas coisas boas da vida e pela simples vontade de viver um momento único, para recordar mais tarde, com alegria.




A entrada a bordo dos participantes, vai iniciar-se às 16h00. Ainda com a embarcação parada na Marina do Freixo, poderão ser calmamente provados muitos dos mais de 200 vinhos portugueses presentes no evento. A música estará sempre a marcar o ritmo da festa. Pelas 17h30 será dada a partida e a embarcação parte à conquista das águas do Douro, até às 21h30, hora do final do cruzeiro e atracação na Marina do Freixo. O ambiente a bordo promete ser animado, entre provas, muitos brindes, fotografias e selfies, um pôr-do-sol que se adivinha espetacular, enquanto poderá dançar ao som das músicas do DJ André Vieira, desfrutar de iguarias e outras surpresas. A Douro Wine Party termina às 22h00

O evento é organizado pela revista Paixão Pelo Vinho, com o apoio da Tomaz do Douro, que garantem: “Já fazia falta um evento vínico, glamoroso e diferenciado, no rio Douro. As cidades do Porto e Vila Nova de Gaia são privilegiadas pela beleza das suas margens que, garantidamente, vão proporcionar um passeio memorável”. De salientar que os participantes vão provar todos os vinhos em copos Schott Zwiesel.

Os bilhetes para a Douro Wine Party estão disponíveis na Ticketline, on-line, na rede de pontos de venda aderentes, locais habituais como Fnac, Worten, El Corte Inglês, Agência de Viagens Abreu, Fórum Aveiro, Pavilhão Multiusos de Guimarães, Shopping Cidade do Porto e U-Ticketline (Univesidades), por exemplo. O bilhete terá um custo de 25€ e está disponível até ao dia 5 de julho. No dia do evento o bilhete custará 30€.

No dia 6 de julho as margens do Rio Douro vão encher-se de pessoas a ver passar a embarcação “Esplendor do Douro”, especialmente ao entardecer, quando as luzes e o som da festa se impuserem à paisagem. A bordo, estarão 350 pessoas a vibrar com a Douro Wine Party, uma experiência que promete ser verdadeiramente inesquecível!


Vamos?

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Enóphilo Wine Fest Lisboa 2018 Deixe-se surpreender pelos vinhos portugueses!





No dia 21 de abril, das 15 às 20 horas, o Salão Nobre do Hotel Ritz Four Seasons  vai encher-se de apaixonados pelos vinhos e pelas coisas boas da vida para receber a quarta edição Wine Fest Lisboa, evento vínico organizado pelo Wine Club Portugal de Luís Gradíssimo, que agora assume uma nova designação e marca: ENÓPHILO WINE FEST.
O Enóphilo Wine Fest Lisboa 2018 pretende, uma vez mais, dar a conhecer os vinhos portugueses, mas acima de tudo surpreender apreciadores de vinhos pela elevada qualidade da seleção disponível para prova. E serão mais de 200 os vinhos presentes no evento, representando todas as regiões de Portugal, entre brancos, rosados, tintos, espumantes, fortificados e aguardentes vínicas. Após uma rigorosa seleção, estão quase confirmadas as presenças dos 40 produtores eleitos por Luís Gradíssimo para fazerem parte desta aventura vínica, a anunciar em breve. Entretanto, e sempre aguardado com elevada expectativa, já foi desvendado o programa de ‘Provas Especiais’ do Enóphilo Wine Fest Lisboa 2018. A espera terminou e as três provas já são conhecidas, difícil mesmo é escolher para reservar já o lugar. Elevem-se os sentidos para a oportunidade única de provar:


TAWNYS BLACKETT, DA PIPA AO COPO  -  15h30 às 16h30
É absolutamente imperdível conhecer estes Blackett Vinhos do Porto Tawny e prová-los no estado mais puro, sem filtragem ou estabilização, apenas moldados pelo tempo. Uma rara oportunidade de perceber como é um Tawny antes da sua lotação.



MIGRAÇÃO DE ABIBES  -   17h00 às 18h00
Prova vertical de todos os tintos Reserva Quinta dos Abibes, passando pelas colheitas 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013, conduzida pelo próprio produtor, Francisco Batel Marques. Uma viagem sensorial pelo trabalho desenvolvido ao longo desta última década, com antevisão do que será o futuro desta casa, que já é uma referência na região da Bairrada.



ESPUMANTES À BEIRA MAR NASCIDOS: UMA DÉCADA DE QUINTA DO ROL -        18h30 às 19h30
Para verdadeiros apaixonados por espumantes, estarão em prova vertical todos os Blanc de Blancs produzidos na última década na Quinta do Rol, da região de Lisboa. Exclusivamente elaborados a partir da casta Chardonnay, com influência Atlântica e produzidos através do método tradicional, prometem deslumbrar em prova, com as colheitas 2008, 2009, 2010, 2011, 2013, 2015 e 2016. Uma excelente oportunidade para perceber não só as diferenças entre os vários anos de colheita, mas também o impacto do tempo de estágio no perfil de um espumante.




Os bilhetes já estão disponíveis on-line e na rede de aderentes Ticketline, locais habituais como Fnacs ou Wortens, a nível nacional. O bilhete de acesso ao evento tem um valor de 10€ em pré- venda, sendo que no próprio dia custará 15 euros. As três ‘Provas Especiais’ tem lugares limitados e convém assegurar lugar com a maior brevidade, o acesso a cada uma das provas custa 25€, incluindo entrada no evento. Quem não queira perder nada, pode comprar Pack Enóphilo por 60€. A organização disponibiliza, a título de empréstimo, um copo Schott Zwiesel para degustação de todos os vinhos.




Quer seja um verdadeiro expert ou um apaixonado pelo mundo dos vinhos, participar no Enóphilo Wine Fest, no dia 21 de abril, entre as 15 e as 20h00, será sempre uma oportunidade única para provar muitos dos melhores vinhos de Portugal! 







Vamos?

quinta-feira, 29 de março de 2018

Compota de Morango e Laranja... com pouco açúcar!



Os morangos já andam por todo o lado. Adoro-os e adoro a sua beleza e a sua cor vermelha. E todos nós adoramos compota de morango. Preparei a compota com açúcar gelificante para poder "roubar bem roubado" no açúcar. Não se esqueçam que um dos passos principais para que a compota se aguente muito tempo sem se estragar é esterilizar muito bem os frascos e as tampas.


  • Frascos de vidro com tampa de metal
  • 1500 gr de morangos frescos
  • Casca de uma laranja
  • 500 gr de açúcar gelificante (compro no Aldi)... ver imagem no final do post

  1. Em primeiro lugar é necessário esterilizar muito bem os frascos. Colocar os frascos (de vidro) e as respetivas tampas numa panela, cobertos com água e deixar ferver cerca de 10 minutos. Retirar da água e deixar secar, com a boca virada para baixo, sobre um pano bem limpo;
  2. Lavar os morangos, retirar os pés;
  3. Numa panela colocar os morangos, o açúcar gelificante e a casca de laranja;
  4. Levar ao lume forte;
  5. Quando estiver a ferver bem, deixe cozer cerca de 6 a 7 minutos (como o açúcar é gelificante não necessita de cozer muito tempo);
  6. Retirar a casca de laranja e triturar;
  7. Colocar a compota imediatamente nos frascos, fechar bem com as tampas e colocar os frascos virados para baixo (com a tampa para baixo) até arrefecerem por completo;
  8. Agora é só saborear e guardar alguns frascos ... se sobrar alguma coisa!!!


NOTA: A compota não necessita de ser guardada no frigorífico. Só terá de a guardar no frigorífico depois de abrir o frasco. 


quarta-feira, 21 de março de 2018

Bolo de Cenoura e nozes, com cobertura de Cream Cheese e... versão topping de nozes caramelizadas





Depois de muitas perguntas do porquê de o blog andar um bocadinho parado ... alguns problemas de saúde que me obrigaram a "abrandar". No entanto temos trunfos na manga: o marido que é Top na cozinha e uma pen com muitas fotos e receitas para publicar.

E agora vamos ao bolo... Sim, é verdade! Este bolo já é um clássico cá em casa e até já temos aqueles amigos "lateiros" que já dizem: "Podias fazer aquele bolinho!!!"
A receita é da Teresa Rebelo do blog Lume Brando. Esta receita já foi publicada aqui no blog mas substituindo as nozes por amêndoa. Também fica delicioso.




Bolo:
  • 150 g de açúcar amarelo
  • 2 ovos
  • 150 ml de óleo
  • 150 g de farinha sem fermento
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • 1 pitada de gengibre em pó
  • 1/4  colher (café) de extrato de baunilha
  • 150 g de cenoura crua ralada
  • 100 g de nozes, picada grosseiramente


Cobertura
  •  150 g queijo creme
  • 40 g manteiga sem sal
  • 300 g de açúcar em pó


Topping
  •  100 g de nozes
  • 150 g de açúcar


  1. Misturar o açúcar, os ovos e o óleo e bater bem;
  2.  Adicionar lentamente a farinha, o bicarbonato, o fermento, o gengibre e o extrato de baunilha;
  3.  Por fim, juntar a cenoura e as nozes, envolvendo bem, manualmente;
  4.  Colocar a massa numa forma (usei uma de 18 cm) untada e forrada com papel vegetal e leve ao forno, pré aquecido a 180º, durante cerca de 30 minutos (fazer o teste do palito.
NOTA: para fazer este bolo dobrei a receita e fiz 2 bolos.

Agora vamos preparar o topping:
  1. Espalhar as nozes, partida em pedaços, numa folha de papel vegetal;
  2.  Num tacho de fundo pesado leve o açúcar ao lume … em Lume Brando!”até ficar em caramelo … “vai demorar um pouco, mas nunca mexa, apenas pode ir rodando o tachinho, quando o açúcar começar a derreter, de forma a todo o açúcar ser transformado em caramelo”.
  3. Quando estiver bem líquido e dourado, coloque por cima das nozes e deixe arrefecer/ endurecer.

Só falta a cobertura:
Bater muito bem a manteiga, depois adicione o queijo creme e o açúcar e bata muito bem até obter um creme bem lisinho e aveludado.

Coloque um bolo num prato de servir;
Recheie com a cobertura;
Coloque o outro bolo por cima;
Verta a cobertura por cima;


Decore com o praline de nozes (corte-o com uma faca em pedaços de vários tamanhos)




terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Essência do Vinho 2018




Uma das principais experiências do vinho em Portugal assinalou 15 anos. A Essência do Vinho, regressou, mais uma vez, ao magnífico Palácio da Bolsa, no Porto, no passado fim de semana.




O evento trouxe ao Porto cerca de 3000 vinhos de 400 produtores de todo o país, continuando a apostar na sua divulgação internacional para aumentar a visibilidade dos rótulos portugueses além-fronteiras.

Esta 15ª edição  contou também com o incontornável “TOP 10 Vinhos Portugueses”, uma das mais significativas provas anuais, reunindo a seleção dos rótulos com maior pontuação da Revista de Vinhos, que serão sujeitos a avaliação por um júri de especialistas de várias nacionalidades, para a eleição do TOP 10.




O programa completo do evento, constituído por 50 atividades paralelas, garantiu destaque a vinhos com muita história, rótulos raros de valor inestimável e grandes novidades. No campo gastronómico, de salientar as iguarias preparadas pelo Chef Ricardo Costa em harmonização com os vinhos do Porto Vasques Carvalho.




E como não podia deixar de ser, nós andamos por lá. Como sempre um ambiente descontraído, repleto de pessoas de todas as idades e de vários países. No Essência podemos descobrir ou redescobrir uma variedade enorme de  vinhos mas também encontramos azeites, chocolates e os maravilhosos copos  e decanters da Riedel. Uma Wine Experience a repetir, sem dúvida!
























quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Caldeirada de lulinhas... a borbulhar no fogão!


Com este tempo frio e chuvoso que teima em permanecer por cá, nada melhor que uma caldeirada a borbulhar em cima do fogão!

  • 1,5 kg de lulas pequenas, limpas
  • 1 kg de batatas cortadas em rodelas
  • 700 ml de conserva de tomate caseira ou 750g de tomate bem maduro, sem pele, aos cubos
  • 1 pimento verde cortado em tiras
  • 4 dentes de alho picados
  • 2 cebolas médias cortadas em rodelas
  • 200 ml de azeite
  • 200 ml de vinho branco
  • 1 folha de louro
  • Coentros ou salsa a gosto (opcional)
  • Sal & Piripíri q.b.

  1. Levar ao lume o azeite com as cebolas, os alhos e a folha de louro e deixar refogar até a cebola alourar;
  2. Adicionar o tomate, o pimento, temperar com sal e piripíri e deixar cozinhar cerca de 10 minutos;
  3. Juntar as lulas e o vinho branco e deixar cozer mais 10 a 12 minutos;
  4. Por último, adicionar as batatas (se necessário adicionar um pouco de água);
  5. Quando as batatas estiverem cozidas, polvilhar com coentros ou a salsa picada, envolver e retirar do lume;
  6. Servir!



sábado, 10 de fevereiro de 2018

O Amor está no Ar e na Cozinha" ... com um delicioso bolo de requeijão, mel, canela e amêndoa e... um fantástico Giveaway!


Não podíamos deixar de vos dar a nossa sugestão para o dia mais "in love" do ano: Um bolo  delicioso, que invade a sua cozinha com aromas fantásticos, inspiradores... "sensuais" e a oportunidade de ganharem 5 fantásticos cabazes recheados de deliciosos queijos Saloio!

O Bolo

  • 150g de açúcar
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 6 ovos grandes
  • 400g de requeijão Natural Saloio
  • 6 colheres (sopa) de mel (de preferência de rosmaninho)
  • 1 colher (sopa), rasa, de canela
  • 1 colher (café) de erva doce
  • 1 colher (sopa) de vinho do Porto
  • 75g de farinha com fermento
  • 100g de amêndoa laminda
  1. Pré aquecer o forno a 180º;
  2. Retirar o requeijão da embalagem e colocar num escorredor;
  3. Juntar o açúcar, o mel e o azeite e bater tudo muito bem;
  4. Adicionar os ovos, uma um e bater bem até obter uma massa bem fofa;
  5. Esmagar muito bem o requeijão com um garfo, juntar à mistura anterior e bater até que o requeijão fique bem incorporado;
  6. Adicionar o vinho do Porto, a canela e a erva doce e bater mais um pouco;
  7. Juntar a farinha, peneirada, envolvendo bem (mas sem bater);
  8. Colocar a massa numa forma redonda bem untada com manteiga e polvilhada com farinha;
  9. Salpique com a amêndoa laminada e leve ao forno durante cerca de 40' (fazer o teste do palito).
O Passatempo



Em plena região Saloia a Queijo Saloio começou por ser uma pequena exploração agrícola onde o proprietário transformava, de modo artesanal, o leite do seu próprio rebanho em deliciosos queijos regionais. Dizia ele “de um bom leite se faz um bom queijo”, produzindo o seu queijo segundo os métodos artesanais cuja origem se perde na memória das gentes da região.
Mais de quatro décadas depois, a arte de produzir queijo regional de qualidade e tradição continuam a ser os pilares da Saloio. Todos os dias pomos o mesmo cuidado na seleção dos leites – de vaca, cabra e ovelha – no processo de coagulação e cura, aliando a tradição à tecnologia, o que nos permite assegurar a higiene e segurança dos nossos produtos. Embora continue fiel aos valores Tradição e Confiança, a Saloio aposta claramente na componente Inovação para desenvolver novos produtos que vão ao encontro das necessidades dos consumidores.

E para celebrar o Dia dos Namorados Os Queijos Saloio e o blog Flor de Sal têm para vos oferecer 5 cabazes repletos de deliciosos queijos. Cada cabaz é constituído por:

  • Queijo fresco natural 4 x 80 g
  •  1 Requeijão tradicional 170 g
  •  1 Regional – queijo de vaca cabra e ovelha curado 190 g
  • 1 Palhais Original – queijo de cabra curado 2 x 100 g
  •  1 Serra da Vila – queijo de vaca cabra e ovelha curado 190 g
  •  1 Alavão – queijo de vaca curado 470 g
  •  1 Três Igrejas metades – queijo de vaca, ovelha e cabra curado 450 g
  • 1 Toledo - queijo de vaca cabra e ovelha curado 190 g


Condições de participação Facebook AQUI

Condições de participação Instagram AQUI




O giveaway vai decorrer do dia 10 de fevereiro até ao dia 24 de fevereiro, até às 24 horas.
O sorteio será feito via Random org.
Giveaway válido para Portugal Continental.
O vencedor será anunciado até ao dia 4 de março