sábado, 29 de março de 2014

O pão nosso de cada dia


Se há alimentos com história, o pão é um deles. A sua origem e evolução acompanham a história da humanidade. O pão é, desde sempre, um alimento essencial na alimentação dos povos e alturas houve em que pouco mais havia para consumir do que pão. Não podemos também deixar de realçar a importância do pão a outros níveis, nomeadamente, religioso, económico e politico ao longo da história da humanidade.

Poderemos dizer que pão é alimento mas também amor, história, tradição e cultura:

"Pão achado não tem dono."
"A pão duro, dente afiado."
"Pão proibido abre o apetite"
"Mais vale pão com amor do que galinha com dor"
"Quem não poupa o pão, com fome cai no chão."
"Pão do vizinho sabe mais um bocadinho."
"Mesa sem pão é mesa de vilão."
"Pão mole depressa sec engole."
"Felicidade é: pão, amor e vinho."

E já agora aqui fica a minha frase sobre o pão:

 "O pão não engorda, o que engorda é o que metemos lá dentro!"

1 comentário:

Bombom disse...

Gostei muito desta tua reflexão sobre o Pão. Ele é, na verdade, um alimento muito antigo e remotamente era bem diferente do que hoje conhecemos. Até chegar ao pão feito de cereais, ele "comeu o pão que o diabo amassou". No tempo dos antigos Lusitanos, o pão era feito da farinha das bolotas e tempos houve em que também se fazia com a farinha das castanhas. Eu nem consigo imaginar bem como eles o confeccionavam!
Não sei porquê, este tema é muito especial para mim.
Ofereço-te mais estes Provérbios para a colecção:
"Não é pela côdea que se avalia o Pão."
"Pão com olhos, queijo sem olhos e vinho de arregalar os olhos".
"Quem semeia bom grão terá bom Pão".
"Abril frio, Pão e Vinho."
"Abril molhado, enche o celeiro até ao telhado".
Com um abraço da
Bombom