quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Mini espetadas de tomate, presunto, mangericão e queijo de ovelha


Fingerfood ... 
Traduzindo comida para comer à mão, em doses individuais, tipo "pegar, comer e andar"! Gracinhas à parte a "fingerfood" está na moda, é bonita e dá jeito. Pode demora mais um bocadinho de tempo a preparar mas no final o resultado é muito mais bonito e prático para os seus convidados. 


Para fazer as espetadas:


  1. Fazer nini espetadas, seguindo esta ordem: um tomate cherry, um pouco de presunto fatiado enrolado, uma folha de mangericão e um cubo de queijo de cabra.
  2. Colocar as nini espetadas num prato de servir e colocar uma colher (café) do azeite da conserva do queijo por cima de cada espetada.







domingo, 25 de setembro de 2016

O Hugo pediu... o Hugo tem, porque merece! - Bolo de chocolate, com recheio de geleia de maracujá e cobertura de chocolate, pintarolas e canudinhos ... pois, e com Angry Birds à mistura!



O Huguinho é um grande amigo do meu filho. Um companheiro de escola, do futebol e de inúmeras brincadeiras. Para o aniversário queria um simples bolo de chocolate com pintarolas ... quando a Lili me pediu para lhe fazer o bolo de pintarolas ... bem resolvi fazer um grande e bonito bolo de pintarolas! Parabéns Hugo!
Ora bem, esta receita vai ser "tipo" uma foto-receita, passo a passo! Fazer um bolo bonito para uma criança pode ser uma tarefa fácil. Se aprimorarmos nos detalhes o resultado será ... guloso?

Para o bolo:
  • 5 ovos
  • 2 chávenas de açúcar
  • 2 chávenas de farinha
  • 1 chávena de óleo
  • 1 chávena de chocolate em pó
  • 1 colher (chá) de fermento
  • 1 colher (café) de bicarbonato de sódio
  • 1 chávena de água a ferver
  1. Misturar os ovos com o açúcar, a farinha, a Vaqueiro, o chocolate, o fermento e o bicarbonato de sódio . Bater tudo muito bem;
  2. Adicionar a água a ferver e continuar a bater.
  3. Dividir a massa em duas partes;
  4. Levar ao forno a cozer, em 2 formas (tamanho 18) untadas e enfarinhadas (+-175º)
  5. Depois de cozido, desenformar os bolos e deixar arrefecer completamente.
Cobertura de chocolate:
  • 1 pacote de chocolate em pó
  • 1 pacote de natas
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  1. Levar todos os ingredientes ao lume até engrossar.
Recheio:
  • 1 frasco de geleia de maracujá de compra
Decoração:
  • Alguns tubos de pintarolas;
  • Canudinhos de wafer
  • 1 fita amarela, de seda, larga
  • imagens, bandeirinhas da temática Angry Birds (é só procurar na net e imprimir em papel grosso)
Agora é só montar o bolo, ora vamos lá!

Cortar os bolos ao meio. Tendo em conta que, a maioria das vezes, quando cortamos o bolo ao meio, não o conseguimos cortar de uma forma simétrica, o melhor será, fazer uma "marca" no bolo, antes de o cortar. Desta forma, quando for montar todas as partes do bolo, saberá exatamente onde colocar a "rodela" de cima. Eu costumo fazer um pequeno corte na lateral do bolo. O melhor será ver as fotos que se seguem: 


Fica com 4 "rodelas" de bolo. Colocar a 1ª rodela no prato de servir e barrar com geleia de maracujá;


Repetir o processo até terminar com as "rodelas de bolo. Não barre a última camada. 


Cubra todo o bolo com a cobertura de chocolate;


Logo de seguida, com paciência, cubra toda a parte lateral do bolo com os canudinhos de wafer. Se os canudinhos forem demasiado altos, corte-os à medida.


Coloque uma fita à volta do bolo (segura os canudinhos e decora) e coloque muitas pintarolas coloridas no topo do bolo.


Decore o bolo com os "prints" da temática que escolheu, neste caso, Angry Birds, et voilá!


segunda-feira, 19 de setembro de 2016

E para terminar a época dos figos ... smoothie de Pingos de Mel


Estamos em tempo de figos e "eles" não me largam, ou talvez, seja eu que não os largo. Tenho uma cesta cheia de pingos de mel e apeteceu-me uma bebida fresquinha para o lanche! Se se faz smoothies com banana, morango, pêssego, framboesas, etc&tal ... porque não com figos?
  • 4 ou 5 figos pingo de mel grandes
  • 1 iogurte grego
  • 100 ml de leite fresco
  • 1 colher (sopa) de mel
  • 10 pedras de gelo
Com cuidado, porque isto não é fácil...
  1. Colocar todos os ingredientes num processador (ou até com a varinha mágica) e bater até obter um preparado cremoso. Sirva de imediato!

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Porque de vez em quando temos que nos mimar ... Iogurte grego, figos caramelizados com mel e nozes!


"De manhã é que começa o dia" lá diziam os "antigos" e com muita razão. Com as correias dos tempos modernos, o pequeno almoço tem que ser rápido, estandardizado, provavelmente, preparado na noite anterior. Sim, porque tirar da cama as crianças, vestir, lavar, ect&tal "rouba" muito tempo do pouco que temos de manhã cedo! No entanto ... quando há mais tempo, nem que seja ao fim de semana, podemos dar-nos ao luxo de "nos" preparar um delicioso pequeno almoço. Desta vez, aconselho iogurte grego, figos, mel e algumas nozes. A preparação é muito simples e rápida e o resultado surpreendeu-me!

  • 1 figo grande cortado em 4 partes
  • 1 colher (sopa) de mel
  • 1 iogurte grego sem açúcar
  • 3 metades de noz
  1. Coloque o mel numa frigideira/tacho pequeno e leve ao lume. Quando começar a ferver coloque os  figos (não baixe o lume) e deixe caramelizar de ambos os lados. Este processo deve ser executado rapidamente, cerca de 1 minuto;
  2. Coloque o iogurte numa taça, por cima disponha os figos e as nozes e regue com o molho que ficou na frigideira;
  3. Coma! Não se vai arrepender!

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Doce de Figo com um toque de Lima e Canela


Podemos confecionar muitas receitas com figos frescos. A versatilidade deste ingrediente é fascinante! Com eles podemos criar pratos doces e salgados, entradas, pratos principais, sobremesas, pequenos-almoços, bebidas, etc&tal! Claro que, simplesmente comê-los, por si só, é ótimo. Mas, podemos sempre tentar guardar um bocadinho do seu sabor para outras alturas. Foi por este motivo que decidi fazer um doce de figo ... para os ter todo o ano. Acrescentei um pouco de lima para contrastar a doçura do fruto e juntei um pouco de canela para aromatizar. Por último, optei por usar também pectina porque queria reduzir bastante a quantidade de açúcar sem comprometer a conservação do doce durante meses. Atualmente podem comprar pectina nas grandes superfícies com facilidade.  Gostei bastante do resultado final!

  • 1kg de figos frescos
  • 400gr de açúcar
  • meia lima laminada (fino)
  • 1 pau de canela
  • 200 ml de água
  • 1 pacote de pectina
  1. Retirar os pés aos figos e triturar cerca de 700gr;
  2. Numa panela, colocar o puré de figo, a água, a lima, o açúcar, o pau de canela e a pectina;
  3. Deixar levantar fervura e, em lume brando, deixe ferver durante cerca de 4 minutos;
  4. Agora junte o resto dos figos, cortados em quartos e deixe ferver mais 2 minutos;
  5. Retirar do lume e, de seguida, guardar em frascos esterilizados.
Nota: O tempo de cozedura é reduzido devido ao uso da pectina. Se quiser fazer o doce sem pectina, tem duas opções:
  1. Continua a utilizar os 400/500gr de açúcar ... terá que ferver durante mais tempo até engrossar e, será aconselhável, guardar o doce no frigorífico;
  2. Usar mais açúcar, cerca de 850gr. Também terá que ferver durante mais tempo mas não será necessário guardar os frascos no frigorífico.
ATENÇÃO: Nunca se esqueça de esterilizar os frascos, ou seja, ferver os frascos e as tampas, imersos em água, durante 10 minutos.








Bom apetite!

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Batatas recheadas com bacon e cheddar … com topping de queijo fresco batido com lima e cebolinho


Mais uma vez desempregada … vida de professora contratada: todas as semanas, à espera das famosas listas, tipo, totoloto, a ver quando a “sorte grande” me sai a mim!!! Mas, “enervisses” à parte, há muito que fazer! Os filhos ainda não têm escola… não é preciso dizer mais nada, pois não? Depois temos um novo membro na família, o Boss, um pastor alemão com 1 mês e meio, ou seja, um bebé! Não me estou a queixar, estamos todos super felizes com a chegada do nosso Boss!!!
Quanto à receita que vos trago, é daquelas que eu gosto: simples, rápida, muito boa e bonita de apresentar. Sim, porque os olhos também comem!!!

  • 2 batatas (muito) grandes
  • 100 gr de queijo cheddar ralado
  • 150 gr de bacom picado grosseiramente
  • 200 ml de queijo fresco batido
  • Cebolinho picado
  • Meia lima (pequena)
  • Sal & Pimenta


  1. Cozer as batatas, inteiras e com a casca, com um pouco de sal;
  2. Enquanto as batatas cozem, coloque o bacon numa frigideira anti aderente e deixe cozinhar até ficar tostado. Escorra a gordura em excesso e coloque o bacon sobre papel absorvente;
  3. Depois de cozidas, partir as batatas a meio (no sentido do comprimento) e retirar um pouco da polpa da batata com uma colher e temperar com um pouco de pimenta;
  4. Na “cova” que dez na batata, coloque um pouco de cheddar e, por cima, um pouco de bacon;
  5. Embrulhe cada metade de batata em folha de alumínio e leve ao forno cerca de 15 minutos (180º);
  6. Entretanto, prepare o topping (muito difícil): misturar o queijo fresco batido com o sumo da lima (aqui, poderá ir colocando o sumo de lima gradualmente, até chegar ao sabor que mais lhe agrada) e temperar com sal e pimenta a gosto;
  7. Retire as batatas do forno, abra os papelotes, e no momento de servir, coloque um pouco do topping por cima e decore com um pouco de cebolinho picado.


… se sobrar topping, coloque numa taça e leve para a mesa … há sempre uns “gulosos” que querem mais um "bocadinho" de topping!!!

domingo, 4 de setembro de 2016

Fisherman’s Eggs


Quando vi a receita de Fisherman’s Eggs do famoso livro The Silver Spoon  (tipo … uma bíblia da cozinha italiana) fiquei com ela no “registo”. Adaptei um bocadinho e gostei bastante do resultado. Em primeiro lugar pode servir como entrada ou como prato principal, acompanhada de uma boa salada. Em segundo lugar, e muito importante, os ingredientes são básicos, simples, baratos e, geralmente, estão na nossa despensa. Em terceiro é muito rápida de confecionar e agrada a MUITA gente! Experimentem…




Depois teremos de falar das Sardinhas … maravilhosas e – Ricas em ômega-3, contribuindo para um coração saudável; - Tem mais cálcio que o leite. A sardinha em lata terá uma percentagem de cálcio superior à sardinha fresca porque, ao preparar o peixe fresco, costumamos retirar a espinha - que é onde há maior concentração de cálcio; - É  uma fonte de vitamina D, que é essencial para a absorção de minerais como o cálcio e o fósforo; - Oferece tantas proteínas quanto a carne vermelha. Uma dieta rica em proteínas está associada, entre outras coisas, à redução da pressão arterial, ao controle dos diabetes e a um menor risco de cancro; - Protege o cérebro porque a  sardinha também é um reservatório de fósforo, triptofano e vitamina B12, que asseguram o estado de bem-estar cerebral.  Muitos e bons motivos para consumir sardinhas!



  • 1 cebola pequena
  • 2 dentes de alho
  • 3 ovos
  • 2 ou 3 raminhos de salsa picada
  • 3 fatias de pão alentejano
  • Azeite q.b.
  • Sal & pimenta q.b.


  1. Aquecer o forno a 250º durante cerca de 15 minutos;
  2. Colocar um prato /travessa, que possa ir ao forno, no forno, durante 5 minutos;
  3. Retirar a travessa do forno e dispor as sardinhas. Por cima das sardinhas colocar a cebola às rodelas, os alhos bem picados, a salsa picada e o todo o molho da lata de sardinhas;
  4. Levar ao forno (250º) durante cerca de 6 minutos;
  5. Retirar do forno e, com cuidado, partir os ovos por cima das sardinhas e levar novamente ao forno (200º), durante cerca de 8 minutos;
  6. Retirar do forno e deixar descansar alguns minutos para que os ovos acabem de cozer;
  7. Temperar com sal e pimenta;
  8. Servir com as fatias de pão Alentejano, barradas com azeite e torradas.



Antes do forno...


Depois do forno...


Bom apetite!

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Gelado de nata e abóbora com crocante de amêndoa



 Ora bem, o que dizer sobre este gelado…

… parece que o verão se encontrou com o Outono numa sintonia perfeita. Adorei o resultado: tão fresco, crocante, Foi "testado" por crianças, adultos e pessoas mais velhas. TODOS adoraram. Ficou realmente delicioso. E é tão simples de fazer repleto de fios doces de abóbora e amêndoa caramelizada!!!



  •          300g de gelado de nata
  •         200g de Confeito de Abóbora com Praliné de Amêndoa da Casa Lucena Portugal.

Decoração:
  •          4 colheres (sopa) de açúcar
  •         50g de amêndoa palitada

  1. Retirar o gelado de nata do congelador por cerca de 10 minutos;
  2. Adicionar o confeito de abóbora ao gelado de nata e envolver grosseiramente;
  3. Voltar a colocar o gelado no congelador.

Decoração:

  1. Colocar o açúcar numa caçarola e levar ao lume médio para fazer caramelo. Atenção: não junte água e não mexa! Quando o açúcar começar a caramelizar nas beiras da caçarola, vá rodando a caçarola para os açúcares se misturarem!
  2. Coloque as amêndoas palitadas sobre uma folha de papel vegetal e regue com o caramelo. Deixe arrefecer e solidificar.
  3. Quando estiver sólido parta o praliné grosseiramente com uma faca.
  4. Agora, só tem de servir o gelado com um pouco do praliné de amêndoa por cima.